O blog de Lu Lacerda publicou em nota: ” Os 50 anos de carreira de Maria Bethânia continua rendendo muitas homenagens. Nesta quinta-feira (02/07), abre para convidados, no Paço Imperial, a exposição “Maria de Todos Nós”, com patrocínio da Natura, sem uso da lei de incentivo. Centenas de artistas plásticos, fotógrafos, poetas e músicos atenderam ao convite da produtora de Bethânia, Ana Basbaum, e criaram peças inspiradas no universo da artista.

“O intuito não era o elogio à artista”, explica a diretora Bia Lessa, “mas os ecos e as inspirações que brotam a partir do seu trabalho”. Os irmãos Campana criaram duas cadeiras de material rústico grudadas, que representam os laços afetivos tão presentes na obra de Bethânia e suas origens emSanto Amaro, na Bahia. Luiz Aquila fez uma tela inspirada na força da cantora, em tons exuberantes de azul, vermelho, amarelo e rosa choque. Chica Granchi usou o carcará como tema: “Aves, de um certo modo, são senhoras do vento e Iansã totalmente o representa. Meus quadros têm essa coisa do movimento, de uma dança sem começo nem fim.. Juntei os dois nomes e deu “Carcarã””, conta Chica.

Na mostra, que vai ocupar todo o primeiro andar do Paço, com 980 fotografias, 302 obras e 120 objetos espalhados por doze salas, o público também vai poder ouvir, em fones, canções criadas para a intérprete por jovens compositores como Pedro Sá, Rubinho JacobinaMoreno Veloso.Também vão acontecer saraus aos sábados e domingos, às 16h, com os músicos Egberto Gismonti, Jorge Mautner, Jaime AlémAndré Mehmari, entre outros. Como disse Bia Lessa: “Comemorar a artista é também comemorar o desejo da construção e a valorização de um Brasil mais genuíno e ético”.

A própria Bethânia vai estar na abertura da exposição, que fica até 13 de setembro.

Fonte: por Redação

http://lulacerda.ig.com.br/maria-de-todos-nos-bethania-como-inspiracao-artistica/