Arte de rua e de casa

Com seu status cada vez mais elevado, a street art, principalmente o grafite, vem conquistando espaços nobres nas grandes cidades mundo afora, mas também dentro de lojas, empresas e até mesmo projetos residenciais. No Rio, a revitalização da zona portuária tem como um de seus grandes destaques as obras de artistas diversos, dentre elas o mural “Etnias”, de Eduardo Kobra, que foi declarado pelo Guinness Book como o maior grafite do mundo!

Levando as diversas manifestações da arte de rua para os espaços internos, há o exemplo do Rio Design Barra, que convidou a artista Linda Valente para fazer uma intervenção “live painting” no 3º piso do shopping . Durante três horas e meia, Linda deixou a imaginação fluir inspirada nas paisagens do Rio de Janeiro sob os olhares curiosos do público. O painel compõe a área que reúne os principais restaurantes do local.

E até mesmo espaços infantis podem ter essa linguagem, como o Animasom do Fashion Mall. O espaço de recreação assinado pela Oba! Arquitetura tem estilo urbano e lança mão de grafite em adesivo criado exclusivamente por Leo Conrado da Gekko, com linhas delicadas aplicadas sobre o fundo de cimento queimado.

Em residências, a estética urbana dá um toque de ousadia e pode também trazer humor ao ambiente, como nesse projeto da arquiteta Mariana Crego, com desenhos do Estúdio Bonfim no lavabo e de Kalina Juzwiak no corredor, com traços que terminam na escultura de Jadir Battaglia.

E quando paisagismo e arte se encontram? O resultado é como nessa academia de Cross Fit, com projeto de Flora Morumbi, que chamou os artistas Will e Japs (@fiteart) para fazer o gfrafite e utilizou Green Wall para a horta vertical.

E também é possível encontrar objetos e acessórios de decoração inspirados na street arte, como os bancos Goma da designer Renata Moura, que sofreram intervenções de diversos artistas, entre outros. Veja na galeria.

Comentar

Seu email nunca será publicado ou distribuído.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>