A Galeria Nara Roesler apresenta individual da artista plástica Brígida Baltar


A Galeria Nara Roesler – Rio de Janeiro inaugurou ontem, dia 27 de setembro, a primeira primeira exposição de Brígida Baltar – “Irmãos”, na galeria carioca, e a quinta desde que começou a trabalhar com a Galeria em 2001.

“Irmãos” mostra algumas experiências vividas no próprio corpo da artista transformadas em metáforas. Trata-se da espera e da expectativa, já que a artista necessitou realizar um transplante de medula, em 2015. Com isto, os trabalhos se relacionam às suas perspectivas sobre um exame chamado “quimerismo”. A quimera que anunciaria a compatibilidade ao seu irmão doador.

A ciência dos médicos vai agora até o mito, a quimera, aquele que tem três cabeças e exala monstruosidade, para traduzir as transformações que ocorrem num corpo que agora tem um outro dentro de si.

As imagens e cores se evidenciam em novas marcas, hematomas, petéquias, outro paladar. Em autorretratos, a artista excede-se em pelos. E escolhe o bordado, aquele que mais demora a ser feito, que esconde o tempo, e é como ela se sentia na sua espera. O resultado são abstrações, geometrias orgânicas, nas cores sanguineas, arroxiadas e de formatos diferentes.

Apresentam-se, também, os bordados das espécies compatíveis de plantas, associações biológicas arbitrárias, novamente com dois seres em um. A costela-de-adão e a folha vermelha da begônia, os cogumelos e a beterraba, e mais cogumelos com o coração da bananeira. O quimerismo das plantas aparece também nas esculturas em bronze, algumas recebem o título de Irmãos. O bronze é o material da eternidade, assim como o afeto eterno dos irmãos compatíveis.

Serviço:
Galeria Nara Roesler – Rua Redentor, 241 – Ipanema
28/09 a 22/10
Segunda-feira a sexta-feira, das 10h às 19h
Sábado: 11h às 15h -

Comentar

Seu email nunca será publicado ou distribuído.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>