Cálculo do diretor da Blumenau Iluminação atesta o que os especialistas já comprovaram: os novos modelos esquentam menos, produzem mais luz e duram mais.

Todas as lâmpadas incandescentes vão ser retiradas do  mercado até junho de 2016. Em contrapartida, os modelos de LED ganham mais espaço no mercado e tornam-seopções  para quem busca economia e eficiência. nos últimos anos o modelo se tornou mais acessível e hoje o custo-benefício das peças é evidente.

Uma lâmpada de LED gera apenas 30% de calor e 70% de luz, por um preço médio de R$ 20,00. o tempo de vida estimado é de 25 mil horas enquanto uma incandescente dura, no máximo, mil horas.
Existem também modelos variados para quem busca uma iluminação mais difusa. A Blumenau Iluminação trabalha também com anéis de LED, que já vêm acoplados às luminárias, facilitando a instalação.

“Esses produtos iluminam todo o espaço e não deixam sombras nas luminárias, como os modelos tradicionais”, explica o gestor da marca.

O consumo médio de uma residência brasileira com 8 lâmpadas incandescentes consomem um total de 4,8 quilowatts por mês, gerando uma conta de R$ 86,40. No mesmo cenário, se tivessem apenas peças de LED, o consumo cairia para 0,8 quilowatts ao mês e a conta ficaria em R$ 14,40.

Blumenau Iluminação

RUA CARLOS ALBERTO PAMPLONA, 170
PASSO MANSO, BLUMENAU – SC

http://www.blumenau.ind.br/