Nessa próxima quarta-feira, dia 10, a Breton lança a ação “A vez dos Estilistas” na 5ª. edição do DW! 2016 – São Paulo Design Weekend.
Em parceria com 13 estrelados nomes da moda brasileira: Adriana Degreas, André Lima, Carina Duek, Carlos Tufvesson, Fause Haten, Juliana Jabour, Lenny Niemeyer, Marcelo Quadros, Reinaldo Lourenço, Renato Ratier, Vitorino Campos, Yan Acioli, Walério Araújo estampam poltronas de design assinado com suas criações exclusivas.

As poltronas ficarão expostas durante os meses de agosto e setembro de 2016. Todo o valor arrecadado com a ação será convertido para instituições beneficentes que serão definidas por cada estilista. “Pensamos em uma ação que unisse o design e a moda agregados à uma iniciativa filantrópica, e esperamos que a arrecadação seja expressiva”, revela Marcel Rivkind, presidente da Breton.

INSPIRAÇÕES – “A VEZ DOS ESTILISTAS”

ADRIANA DEGREAS/ POLTRONA MONDRI POR JAYME BERNARDO:
“Minha inspiração para esse verão é Indochine, para essa estampa que chamo de Martinique peguei a folhagem de bananeira clássica desse tema e reinterpretei com meu olhar, de uma forma clássica, mas arremetendo ao tropical chic!”

MARCELO QUADROS/ POLTRONA DUNNA POR EMERSON BORGES:
“A inspiração para customizar a poltrona Dunna veio de algumas escadarias com detalhes ArtDeco, criamos uma estampa localizada para podermos ter um efeito bem diferenciado. O tecido escolhido foi Micro Seda Dublada na cor Off White. O desejo foi de uma poltrona leve e ao mesmo tempo com personalidade e ares retrô.”

CARLOS TUFVESSON/ POLTRONA NAPOLEÃO POR PEDRO MENDES:
“É uma mistura do design contemporâneo da cadeira com a estampa mais rudimentar do deserto, mais minimalista. O resultado é um mix moderno e tradicional. A parceria entre design de moda e design de mobiliário é incrível e tem diversas possibilidades. Estou adorando fazer parte dessa ação com a Breton.”

RENATO RATIER/ POLTRONA BRAZA POR BRUNO FAUCZ:
“Busquei criar um produto que remetesse ao meu estilo de vida e DNA da minha marca para customizar a poltrona Braza, da Breton. Desenvolvida em madeira e couro, foi uma combinação perfeita com uma das características mais marcantes que carrego como assinatura, traços exóticos e artesanais. Propus um mix de matérias primas brutas típicas da fauna brasileira, como a camurça, a pele de píton e de coelho, totalmente legalizadas com certificado pelo IBAMA, criando uma estética atemporal e sofisticada com personalidade e estilo”.

 

LENNY NIEMEYER/ POLTRONA TRENTINI POR BRUNO FAUCZ:
“É uma honra poder vestir uma poltrona Trentini do Bruno Faucz. Acho o design lindo, super clean. Escolhi madeira clara porque tem tudo a ver com o Rio e uma estampa que adoro, da minha coleção Botânica, que simula azulejos desconstruídos e aquarelados.”

REINALDO LOURENÇO/ POLTRONA ARIANA POR RONALD SASSON:
“Minha inspiração para revestir a poltrona Ariana vem da alfaiataria masculina.”

WALÉRIO ARAÚJO/ POLTRONA S2 POR JAYME BERNARDO:
“Quando eu pensei nas duas matérias-primas diferentes, o couro e o veludo, acredito que ambas se completam. O couro atrai pelo fetiche, já o veludo pelo romantismo e delicadeza do tecido. As duas texturas são extremamente agradáveis e remetem a conforto, sofisticação e luxo. O design da poltrona S2 tem uma pegada medieval, que combinou perfeitamente com os elementos selecionados por mim, além do couro e do veludo, bordamos uma flor vermelha na peça, criando uma poltrona sexy e ao mesmo tempo super romântica, respeitando características do meu trabalho como estilista, já que o universo da estamparia está super presente nas minhas criações”.

YAN ACIOLI/ POLTRONA ANA TERRA POR DANIELA FERRO:
“Ao escolher a textura camuflada para minha poltrona, busquei estabelecer um paralelo entre o High Fashion e a Street Wear. O camuflado é atemporal, clássico e recorrente na cena street nos 4 cantos do mundo. A poltrona em linho camuflado e ‘vivos’ em couro harmonizam com a madeira original da designer. Remete aos uniformes militares, imprime força, personalidade mas também aconchego pela escolha do linho. É uma peça de decoração e moda!”

ANDRÉ LIMA/ POLTRONA OPEN MARCELO LIGIERI:
“Quando vi a Poltrona Open e suas linhas retas e de inspiração escandinava, pensei imediatamente em etnia e geometria. A estampa Creta mistura esses dois aspectos, e, além disso, me da liberdade para localizar o desenho de forma diferenciada, exatamente como raciocínio quando posiciono a estampa em uma roupa.”

CARINA DUEK/ POLTRONA MANZANA POR RONALD SASSON:
“Para desenvolver a estampa para poltrona Manzana busquei inspiração em clássicos e sucessos de coleções passadas, criações que fazem parte do meu universo. São texturas, tecidos, momentos que remetem a este trabalho. Reuni um patchwork de lembrança de minhas criações”

FAUSE HATEN/ POLTRONA TADEU POR RONALD SASSON:
“Adoro imagens de céus azuis. Adoro dias ensolarados, iluminados. Apesar de ser paulistano e adorar a cidade, sinto falta em São Paulo de ver mais o céu. Por isso, sempre uso essas referencias de imagens em decoração. Já usei em tetos de lojas, paredes e etc., mas nunca havia feito em estofados.”

JULIANA JABOUR/ POLTRONA MOLIÇOSA POR REJANE CARVALHO LEITE:
“Eu quis trazer elementos esportivos, que fazem parte do meu DNA, para um objeto de decoração. Deixando assim os universos moda e casa mais próximos. A estampa “Listra Baseball” usada na poltrona remete as listas das jerseys de baseball, esporte popular nos Estados Unidos. Em relação à escolha do tecido, quis escolher um tecido mais romântico e soft para contrapor com a estética esportiva e cores vibrantes, por isso optei pelo veludo.