Abre neste sábado, dia 9 de fevereiro, a exposição Penumbra, do paulistano radicado o Rio de Janeiro, Angelo Venosa.  Com curadoria da historiadora de arte Vanda Klabin, a mostra na Galeria Nara Roesler | São Paulo deriva de outra de mesmo nome realizada no ano passado em Vila Velha – ES. 

A mostra reúne obras produzidas em materiais como bronze, madeira, tecido e fibra de vidro que exploram áreas cheias e vazias, criando formas que adquirem inesperada plasticidade. As esculturas formam com a sombra produzida pela iluminação incidente um corpo enigmático e, juntas, constroem particular atmosfera onírica. “A inclusão real da sombra abre um espaço possível, articula a nossa percepção, os nossos modos de ver, e essa simultaneidade de acontecimentos que segmenta um novo território parece sonegar a verdade do olho e possibilita uma grande variedade de acessos a uma realidade cifrada”, afirma a curadora.

Galeria Nara Roesler – São Paulo  –  09 de fevereiro/2019