Durante a 36 ª edição do Panorama da Arte Brasileira no MAM São Paulo, a loja do museu recebe projeto com a curadoria dos irmãos Fernando e Humberto Campana, com apoio do Iguatemi São Paulo.

O projeto pro bono do Estúdio Campana cobre as paredes e piso na cor terracota, remetendo ao Nordeste, região onde os irmãos realizaram extensa pesquisa da cultura vernacular brasileira ao longo dos 35 anos de carreira. A proposta do estúdio é oferecer ao público uma amostra da produção artesanal, criatividade e manualidade através de peças cuidadosamente escolhidas de artistas de várias regiões brasileiras, além de objetos do catálogo do Instituto Campana. Essa seleção de mais de cem peças dialoga com o conceito expandido de sertão, tema da exposição. Toda a renda obtida na loja será revertida para a manutenção do museu.

“Baseamos nossa pesquisa em peças feitas a partir de materiais de proveniência local, como os brinquedos confeccionados a partir da palmeira de Meriti, árvore do Pará, caracterizada pela leveza e coloração. Esse tipo de trabalho é algo que fazemos muito no estúdio para nossos projetos, como na coleção Cangaço e Paraíba, enraizada  sem referências de lugares como Juazeiro do Norte, no Ceará, e Esperança, na Paraíba”, afirma Fernando Campana.

“O sertão  é a flexibilidade do povo de rapidez de adaptação a situações difíceis, com respostas positivas. É o fazer manual, algo que vemos especialmente nos mercados populares, não apenas no nordeste, mas o ‘sertão’ dentro de cada cidade. É onde se vê a produção local e a manualidade brasileira ainda viva, que resiste ao plástico, ao industrializado. Queremos que as pessoas que visitem a loja sintam a presença e valorizem a ‘mão’ da cultura brasileira, uma das nossas maiores riquezas”, observa Humberto Campana.

É a primeira vez que a loja do MAM recebe um projeto de reformulação completa como este. Toda a renda obtida na loja será revertida para a manutenção do museu.

 

Serviço: Irmãos Campana na loja MAM

Local: Museu de Arte Moderna de São Paulo

Endereço: Parque Ibirapuera (av. Pedro Álvares Cabral, s/nº – Portões 1 e 3)

Horários: Terça a domingo, das 10h às 18h

Telefone: (11) 5085-1300

 

 

Sob