O Instituto Moreira Salles – IMS do Rio de Janeiro abriu no último sábado, 3 de setembro, a exposição “Panoramas: a paisagem brasileira no acervo do Instituto Moreira Salles”, com 313 obras, entre fotografias, desenhos e gravuras produzidas entre os anos de 1820 e 1920. Na exposição são exibidas gravuras, desenhos e litografias de artistas viajantes, como os alemães Johann Moritz Rugendas e Carl Friedrich Von Martius e o inglês Charles Landseer, entre outros que passaram pelo Brasil. A mostra tem entrada fraca e ficará aberta ao público até 13 de novembro, de terça a sexta, das 13h às 20h, e sábados e domingos, de 11h às 20h, no IMS, Gávea.

Fotos de Paulo Jabur