A biodiversidade brasileira está representada por uma instalação no hall de entrada da 15ª edição da Design Miami, com uma estrutura de ramificações em alumínio autoportante, envolto em cordas náuticas personalizadas que exploram as inúmeras possibilidades cromáticas do material. Em seu interior, um grande tapete foi usado como espaço coletivo para cerimônias e  duas redes tradicionais da Amazônia convidam os visitantes à refletirem com o imersivo documentário Sacred Coca, que mostra uma jornada sonora e visual pela Amazônia.

A Design Miami, que começou ontem (3) e vai até  8 de dezembro em Miami, na Florida, é uma das mais importantes feiras do mundo e neste ano traz a Tidelli  em parceria com o Atelier Marko Brajovic, com a representação dos manguezais da Amazônia na instalação de grandes proporções Roots, localizada no hall de entrada da feira. O arquiteto e designer Marko Brajovic assina o  “Pavilhão Roots” no espaço de conexão e conscientização ecológica, cujas raízes em corda náutica e estruturas são da Tidelli.

Pensado para ser um espaço de conexão dos humanos com a sua natureza interior, o conhecimento ancestral e à consciência ecológica, o pavilhão teve sua arquitetura inspirada no sistema de raízes de mangue projetada através da emulação digital de princípios naturais de crescimento. Vale a pena conferir o espaço.