A ABD – Associação Brasileira de Designers de Interiores – realizou na tarde do dia 3 de outubro, um Happy Hour com direito a bate-papo com o designer Zanini de Zanine, na Romanzza, no Recreio. Um dos nomes mais importantes do design brasileiro contemporâneo, Zanini falou sobre a história da utilização da madeira como matéria-prima em sua carreira e na de seu pai, José Zanine Caldas, na palestra “Legado Zanine: o uso da madeira por José Zanine Caldas e Zanine de Zanine”. O evento contou também com abertura da exposição homônima, que ficará em cartaz até 26 de outubro, e com a participação de Marcelo Vasconcellos, da MeMo (Galeria de Design Mercado Moderno); de Reduzino Vieira, que trabalhou com José Zanine Caldas por 30 anos; e de Beto Consorte, Branding Consult.

Para uma plateia super interessada de designers de interiores, ele contou sobre a importância da madeira no processo de criação das peças e mostrou as maquetes produzidas pelo pai como registro de todos os projetos que assinava. Pela primeira vez, Zanini reuniu apenas peças em madeira para uma exposição, com destaque para a poltrona Anil e o banco Joá, criações dele, além da poltrona Revisteiro, assinada por Zanine Caldas. Logo depois, os presentes foram recepcionados com coquetel oferecido pelos donos da Romanzza, os irmãos Rogerio e Rafael Tanico, e pela diretora da ABD, Ana Eliza Roder França. Confira nas fotos de  Daniel Santos.