A Candido Mendes de Ipanema inaugurou ontem, dia 26, a individual “Tempos insensatos”, de Carlos Fragoso, artista plástico carioca que vive há 26 anos nos EUA. Na mostra, o artista expõe em gravuras personagens imaginários – “quase-homens” ou “quase-feras”. A exposição fica na galeria até o dia 4 de junho. Entre as obras, três gravuras intituladas Goldman que mostram, em tom dourado, os funcionários da Goldman Sachs – parte humanos, parte animais, reclinados sobre quatro patas. Outra figura enigmática aparece em Young Wasp Out Looking for Trouble, que remete à sigla que significa, em português, o indivíduo branco, anglo-saxão e protestante. Ou mesmo a Young Brooklyn Family Sunday Outing, que reúne pai, mãe e filhos, formando uma unidade monstruosa. Confira nas fotos.