A Caixa Cultural Rio de Janeiro inaugurou no dia 21 de julho, domingo, a exposição “Fricções históricas”, do artista plástico Alexandre Mury, com curadoria de Vanda Klabin e coordenação do marchand Afonso Costa. A exposição apresenta um vídeo e 42 fotografias em grandes formatos, metade delas inéditas, todas protagonizadas pelo próprio artista, com provocativas releituras de obras consagradas da história da arte, ícones da cultura e do imaginário coletivo. São releituras do olhar único de Mury, que desenvolve um estudo não linear da história da arte, percorrendo do renascentista ao contemporâneo, passando pela Antiguidade e indo ao moderno. Veja quem foi ao evento nas fotos de Paulo Jabur.