O arquiteto Henock de Almeida comemora 30 anos de atividade profissional, tendo no currículo o projeto do Memorial Getúlio Vargas, vencedor de concurso público com júri presidido por Oscar Niemeyer, a restauração do Paço Imperial, ambos no Rio de Janeiro, e projetos de mobiliário urbano em Santiago do Chile e Miami. Pós-graduado pela École d’Architecture Paris Tolbiac, em Paris, onde morou por quatro anos, Henock dirige o escritório carioca AC ARQUITETURA, que nos últimos anos se especializou em arquitetura para locais de trabalho, desenvolvendo diversos projetos de edifícios corporativos, edifícios industriais e escritórios, no Rio, Macaé, São Paulo e Salvador.