Os artistas Afonso Tostes e Ivan Grilo inauguraram duas exposições na Casa França-Brasil, nessa última terça -feira. A exposição “Tronco”, de Afonso Tostes, apresenta obras inéditas, como ferramentas bem usadas por trabalhadores rurais em que o artista esculpiu os cabos de maneira que parecessem ossos representando a extensão dos braços de quem as usou. Tostes remontou um paiol centenário achado na Região da Mata, em Minas Gerais, construído em madeira de lei por escravos. A estrutura tem nove metros de comprimento, sete de largura e três de altura. Ivan Grilo foi convidado para fazer um site specific no cofre existente na Casa França-Brasil. Seu trabalho é composto por um ventilador de alta potência, uma fotografi­a de um touro negro impressa em papel de baixa gramatura, e um elemento metálico dourado. Ambas exposições tem curadoria de Bernardo Mosqueira. Confira nas fotos.