Fim do ano chegando, tempo de receber parentes e amigos em casa. O sonho de consumo de qualquer mortal seria ter um arquiteto ou decorador na família, pronto para dar uma ajudinha e deixar a casa com cara de nova… É ou não é?

Mas como nem todos têm essa sorte, a arquiteta Gorete Colaço resolveu dar uma mãozinha e, de quebra, puxar brasa pra sua sardinha. Depois de criar o Express – um serviço que propõe uma repaginada na casa sem quebra-quebra – Gorete lançou o Express Natalino, que faz sucesso há quatro anos em lares cariocas.

Gorete muda as capas dos sofás, sugere um tapete novo ou objeto bacana, almofadas diferentes, e faz mudanças simples, como aquela saudável dança das cadeiras, trocando móveis de lugar. E como num passe de mágica o lar ganha ares de ano novo, vida nova.

E o Natal, onde entra? Num conjunto de almofadas temáticas, objetos natalinos e toalhas de mesa caprichadas: “Para cada casa criamos coisas diferentes”, conta Gorete, que trabalha com uma equipe de três pessoas, além dela (dois arquitetos e uma estagiária). “Já fizemos uma toalha na qual estampamos fotos de toda a família e frases que marcaram o ano, como algumas tiradas ditas pelos netinhos. Ficou o máximo”, conta. “As fotos também foram parar na árvore de Natal, o que distraiu a família durante toda a festa. Todo mundo queria encontrar a sua”, completa a arquiteta.

Há quem queira uma decoração bem ousada, pintando molduras das janelas de vermelho e as paredes de verde. “A pessoa investe mesmo e fica o mês inteiro com a casa com cara natalina”, conta Gorete enquanto se dirige para uma de suas cinco clientes que já a contrataram para dar um capricho na sala para o fim do ano. Difícil será ela arranjar tempo para arrumar a própria casa.