Os arquitetos Evandro Melato e Pabrício Amaral de Carvalho, do Studio 126 Arquitetura, de Muriaé, são os vencedores da categoria regional, que envolve projetos de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo, da 24ª edição do Prêmio Deca 2019.  A dupla venceu com um projeto inovador denominado Sala de Banho Bangalô Cataguases, construído em área externa urbana de uma residência no município mineiro que dá nome a obra. Após sagrarem-se vencedores na categoria regional, os arquitetos tornaram-se também finalistas na categoria nacional do Prêmio Deca 2019.               

(foto acima): Evandro Metato e Pabrício Amaral Carvalho

O prêmio, realizado anualmente com o objetivo de promover profissionais de arquitetura, que realizam projetos inovadores em soluções para banheiro e cozinha, mostra e residencial, teve competidores inscritos de todo o país. Por isso, foi realizada uma pré-seleção por regiões até se chegar a categoria nacional. Na semana passada, foram anunciados os vencedores e entregues às premiações na cerimônia realizada no Auditório Ibirapuera – Oscar Niemeyer, em São Paulo. O evento contou com a participação de nomes consagrados da arquitetura brasileira, além de celebridades como a cantora Paula Lima e Jader Almeida.

 

O projeto Sala da Banho Bangalô Cataguases é um spa residencial, construído numa área abundante de recursos naturais. Os profissionais localizaram um espaço ideal inserido numa área mais elevadas da propriedade onde se concentra uma densa mata. Desta forma, planejaram o bangalô integrado ao belo cenário natural, proporcionando uma  visão privilegiada da residência e de seu entorno. Na obra, foram utilizados recursos que tornaram o espaço ainda mais agregado ao ambiente com uso de madeira, pedras naturais, estruturas metálicas, dentre outros recursos.  Além disso, foram inseridos jacuzi, sauna, ducha, lavabo, cascata e o espaço para momentos de descanso em meio a natureza com o privilegiado conforto de si estar em sua própria casa.