O site da Casa Vogue trouxe em reportagem: “Casa exibe uma releitura do estilo enxaimel

Trazido pela colonização alemã, o estilo de arquitetura enxaimel predomina em paisagens da região sul do Brasil, principalmente em algumas cidades, como Blumenau, em Santa Catarina. Trata-se de uma técnica construtiva em que as paredes são montadas com hastes de madeira e encaixadas entre si e os espaços são preenchidos com pedras ou tijolos. Outra característica marcante desse estilo é a grande inclinação do telhado. Assim, quando o escritório Pimont Arquitetura foi convocado para elaborar o projeto dessa casa, em uma vila da cidade catarinense, a inspiração veio exatamente de suas raízes.

O arquiteto Henrique Pimont define esse trabalho como uma releitura contemporânea do estilo enxaimel, em que ele e sua equipe buscaram um novo olhar sobre uma arquitetura tradicional. Nessa casa de 312 m², boa parte da estrutura, montada com vigas de aço e chapas de fibrocimento, ficou em evidência e os preenchimentos foram feitos de alvenaria ou vidro temperado, de acordo com a função de cada parede. E é exatamente a mistura de materiais da estrutura, que revela as linhas arquitetônicas contemporâneas da casa, integradas aos volumes dos telhados, dispostos em vários níveis.

Fonte: POR NÁDIA SIMONELLI; FOTOS PEDRO CAETANO / DIVULGAÇÃO

Leia mais em: http://casavogue.globo.com/Arquitetura/Casas/noticia/2015/08/arquitetura-alema-inspira-projeto.html

Arquitetura tradicional é revisitada em casa catarinense (Foto: Pedro Caetano / divulgação)