Lia criou uma biblioteca-ateliê, um espaço destinado ao desenvolvimento de seu processo criativo. As estantes abrigam sua biblioteca de consulta, catálogos, literatura e apoio de seu material criativo. Construídas pelos módulos Moa, criados por ela, para Etel. Elas servem para exibir as peças que estão sendo trabalhadas, assim como as cadeiras Quase Mínima. Há também um espaço destinado à leitura, com duas poltronas Infinito e duas mesas Instituto. A ambientação é de base neutra, o piso em mármore melanina, as paredes são brancas com rebatedores de luz e a iluminação é de Maneco Quinderé.

O ambiente terá ainda uma sala de banho com lançamentos, como a cuba dupla em louça com misturadores em cobre red gold e misturadores em Pinha.