Em sua primeira participação na Casa Cor, Thoni Litsz vai assinar a loja Lalla Bortolini. O arquiteto quer utilizar tons neutros, como o pérola e o cáqui, para que as peças à venda possam se destacar. Outro recurso é manter a fachada original, apenas excluindo o excesso de madeira das portas e utilizando vidro nas vitrines, para melhor exposição dos produtos. Um lustre confeccionado especialmente para o espaço aproveita o pé direito alto. Nas paredes, papel listrado de tons bem próximos e sutis prometem dar um ar de elegância sem tirar o foco dos produtos. A iluminação, toda feita com lâmpadas de led, vai enfatizar as características originais do palacete. A preocupação com materiais sustentáveis está na escolha do mobiliário, produzido com madeira de reflorestamento, e do tapete, feito com sobras de tapetes antigos, formando um patchwork. Veja em primeira mão o croqui do espaço.