Sob a direção de Carlos Amorim, a 25ª edição da Casa Cor Bahia encerra no próximo dia 08 de dezembro, no Horto Florestal. Amparados nos pilares de sustentabilidade, tecnologia e afetividade, o tema planeta casa trata o lar como um universo, que pode gerar mudanças positivas  no mundo.

A mostra deste ano, conta com 33 ambientes assinados, incluindo uma Casa de Vidro dentro do Salvador Shopping, um apartamento decorado no Horto Florestal, a Arena do Conhecimento que funciona como um espaço de debate sobre o setor imobiliário, de construção, arte, arquitetura e design, além da área gourmet, o Jardim das Delícias, que acolhe o badalado Soho – numa versão de novas experiências sensoriais, o lançamento do Tonico – e seus drinks de Miami, o SAN Bar, a Coffeetown – American CoffeeandCake, Co. e o Amado – sob a batuta do internacionalmente renomado chef Edinho Engel.

Confira os espaços:

Casa Vert por Baú+ – Ana Paula Guimarães e Thiago Manarelli. Celebrando sua décima quinta participação na mostra, o escritório Manarelli Guimarães apresenta a Casa Vert de uma forma suave, em tons terrosos e em claros quase brancos, destacados pelos detalhes verde-água. A composição do ambiente e sua escala requeriam um mobiliário modular que pudesse ser transportado para um novo lugar, de acordo com o desejo de seu proprietário. O único revestimento no piso garante a percepção de unidade nos vários ambientes. O mobiliário traz peças artesanais e autorais, utilizando materiais reciclados que se mesclam ao melhor design contemporâneo. A iluminação natural, os rasgos de vidro e as cortinas de linho conferem o ar dramático e ao mesmo tempo cativante que o ambiente proporciona.

 

Bangalô Cravo e Canela – Jéssica Araújo. O contraste entre os materiais rudes em estado industrial e o verde que invade o ambiente proporciona uma experiência única aos que transitam pelo Bangalô Cravo e Canela, da arquiteta Jéssica Araújo. O quarto e a sala de banho mantêm uma forte conexão com a natureza em toda a extensão do ambiente. A artista Romilda Patez assina a obra figurativa colorida com terra do sertão pernambucano. A instalação de couro de José Paulo revela a predileção da arquiteta por artistas regionais.

 

Casa de Vidro – Wesley Lemos. O trabalho modernista da ítalo-brasileira Lina Bo Bardi foi a inspiração para o ambiente de 40 m² assinado pelo arquiteto Wesley Lemos. Primeira obra construída de Lina, a Casa de Vidro, localizada no Morumbi, em São Paulo, se tornou um paradigma para a arquitetura brasileira e agora inspira o espaço da mostra baiana, marcada pelo encontro entre o artístico, o contemporâneo e a conectividade. Abrigada no Salvador Shopping, a Casa de Vidro reúne elementos garimpados entre os lojistas do mall e peças de alto design.

 

Restaurante Amado – David Bastos. Vibrante, exuberante, com diferentes cores e texturas. Assim é o ambiente do Restaurante Amado, assinado por David Bastos. Em um espaço de 80 m², inspirado na intensidade da arquitetura mexicana, seu colorido e traço característicos remetem a nomes como Ricardo Legorreta e Luis Barragán. Minuciosos detalhes de arquitetura e decoração fazem do restaurante o lugar ideal para curtir bons momentos com estilo e bossa. 

 

Casa 245 – Laís Galvão. O loft descomplicado da Casa 245 foi inspirado no traço simples e genial de arquitetos como Oscar Niemeyer e Lina Bo Bardi. Os ambientes integram as funções da moradia, conferindo grande praticidade às atividades do cotidiano. O grande painel de concreto e madeira une os ambientes de sala de estar e quarto, proporcionando uma sensação de continuidade visual. O espaço nos leva a um grande passeio pela arte baiana e pelo design brasileiro, com destaque para a poltrona Oscar, a cadeira Tripé e as obras de Mário Cravo Jr. e de Emanuel Araújo.

 

Decorado Horto Parque Barcelona – Margarete Iglesias. O aconchego do lar combinado com uma estética funcional e moderna. Essa é a proposta do apartamento decorado pela arquiteta e urbanista Margarete Iglesias para a Prima Empreendimentos. Pensado para um casal com filhos adolescentes, o espaço busca materializar o prazer de estar em família e de receber os amigos. Estruturado em suíte casal com área para closet masculino e feminino, suítes para os filhos, sala de jantar, varanda frontal com vista arborizada e acesso direto à cozinha, bancada gourmet equipada com adegas e cafeteira e home theater espaçoso, o apartamento combina praticidade com extremo cuidado em cada detalhe. Mobiliário contemporâneo, painéis de madeira natural, obras de arte e peças de iluminação completam o clima de conforto do ambiente.

 

Home Theater – Marlon Gama. O ambiente assinado pelo arquiteto Marlon Gama é dividido em três espaços distintos — espaço para TV com sofá e poltronas; espaço de jogos; e ambiente de bar para total interação da família. Marlon estudou a reverberação do ambiente a fim de que o conforto acústico fosse maximizado. Para tanto, se valeu de tecidos nos revestimentos das paredes, do uso do couro no sofá e nas poltronas, da madeira texturizada e de um tapete que recobre toda a extensão do ambiente. A coleção de obras de arte contemporânea exibe nomes como Artur Lescher, Vik Muniz, Fabi Aleixo, Carybé e Floriano Teixeira.

 

Living Ébano de Macassar – Flávio Moura. A contemporaneidade deste living é a marca registrada do trabalho do arquiteto e designer de interiores Flávio Moura. Com especial atenção aos detalhes, Flávio alia a nobreza da madeira à imponência da adega espelhada em formato de diamante. O arquiteto usa materiais luxuosos, como couro e metais dourados, para criar uma composição ao mesmo tempo clássica e contemporânea. O décor está apoiado em desenhos de Waldemberg, nas dobraduras de papel de Tagnini, na escultura de parede de Flávio Franco e nas serigrafias de Zanini.

 

Lounge do Empreendedor – Sidney Quintela. O lounge desterritorializado, assinado pelo arquiteto Sidney Quintela, é um espaço descontraído e leve. A ideia foi desconstruir a rigidez dos ambientes corporativos pelo uso de formas orgânicas e materiais naturais. Seguindo a tendência atual, o lounge corporativo pretende estimular mentes criativas com insights empreendedores e negócios transformadores.

 

Living Tríadee – Rogério Menezes. O arquiteto Rogério Menezes marca sua 20ª participação na CASACOR Bahia com um ambiente contemporâneo e atemporal. O Living Tríadee tem uma base de tons de cinza e de preto com destaque absoluto para o tapete autoral, que passeia pelas cores verde, amarelo e azul, inspirado nos jardins de Burle Marx. Prezando pelo conforto e integração, o living é composto de peças decorativas que valorizam o design brasileiro.

 

Living Cosmopolitan – Lorena Damásio e Daiana Fernandes. O ambiente assinado pelas arquitetas Lorena Damásio e Daiana Fernandes foi projetado para pessoas que gostam de receber amigos. O projeto foi pensado para proporcionar bons momentos de convivência com praticidade, conforto e modernidade. O cimento queimado dá o toque contemporâneo ao ambiente, e a utilização do mármore translúcido e de móveis de design arrojado — como a poltrona Supernova, do premiado Pedro Franco — criam a atmosfera das grandes capitais do mundo.

 

Sala Íntima Blue Scheme – Daniela Alencar. Arquiteta e design de interiores, Daniela  utiliza um luxuoso esquema de tons azuis para demonstrar seu gosto por um estilo clássico mesclado com obras de arte contemporâneas e mobiliário exclusivo. A Sala Íntima, de 29 m², tem uma atmosfera de serenidade e harmonia com o uso do gesso, porcelanato, piso de madeira de lei e uma estante espelhada. O espaço — como é tendência da planta contemporânea — procura agregar múltiplas atividades: um confortável sofá para que se possa ver filmes e uma mesa de jogos que vira comedouro, num lugar em que a alegria e a família estejam sempre presentes.

 

Quarto da Estilista – Dinah Lins. Força, resistência e determinação: no seu terceiro ano consecutivo na CASACOR, a designer de interiores Dinah Lins ressalta a alma feminina moderna e empreendedora numa homenagem à estilista Irá Salles. Os tons terrosos e alaranjados, materiais em couro, linho, madeira, terracota e palha refletem as características de uma profissional da moda moderna e sofisticada.

 

Suíte Gloss – Mila Caramelo e Mila Saraiva. A suíte ‘e inspirada em uma “it girl” romântica e conectada. O ambiente integra mobiliário de design, muro verde, sustentabilidade e automação. A paleta de cores delicadas, de beges e rosas, Conte com o toque glamuroso do dourado com preto e terracota. O generoso closet, penteadeira megaequipada e mini estar para receber as amigas, fazem da Suíte Gloss objeto de desejo para mulheres.

 

Estar Íntimo – Gabriela Viveiros. Este ambiente traduz a sensação de bem-estar das reuniões em família. A arquiteta Gabriela Viveiros instalou um grande sofá para aproximar as pessoas, transmitindo uma sensação de conforto reforçada pelos painéis de madeira e pelas dracenas — que trazem verde para este estar íntimo. Todos os materiais usados no ambiente foram pensados para proporcionar aconchego sem deixar de lado a sofisticação. Ouvir uma música, apreciar o lindo jardim, assistir a um filme ou apenas conversar: o objetivo final é estar junto.

 

Jardim de Inverno – Cristina Calumby. A arquitetura é a maior aliada na construção de uma morada que traga comodidade e aconchego, em contraste com o mundo atribulado. Em seu retorno triunfal à CASACOR Bahia, Cristina Calumby emprestou ao seu ambiente a elegância, a leveza e a beleza — que são suas características inatas. A escolha de materiais reciclados, madeira e mármore torna o ambiente acolhedor e sustentável. As obras de grandes artistas plásticos brasileiros, como Siron Franco e Mário Cravo Jr., proporcionam a sensação de bem-estar que só a afetividade consegue transmitir. 

 

San Bar – Jussimar. Colares e João Colares Jussimar Colares volta à CASACOR Bahia coroando seu décimo ano de participação na mostra, dessa vez ao lado de seu filho estreante João Colares, assinando o San Bar. O projeto funcional de 70 m² mescla singularidade e conforto. Com uma proposta intimamente ligada à arquitetura sensorial, a iluminação e o paisagismo são peças-chave do bar de drinks. A mistura de tons terrosos ressalta as obras de arte que estão ao redor do ambiente, criando um clima sublime de contemplação e acolhimento. Marcado por sua cobertura metálica triangular, jardins flutuantes e uplighting — uma forma não tradicional de iluminar.

 

Espaço Instagramável – Salvador Shopping. O espaço instagramável Salvador Shopping dentro da CASACOR Bahia foi concebido como um manifesto em defesa da Amazônia. Ele é inspirado no hábito contemporâneo de registrar tudo em imagens, compartilhando publicamente um conteúdo visual impactante. Construído em vidro e madeira, o espaço mimetiza a sensação de estar dentro de uma floresta.

 

Lounge Recanto – Tatiana Campos Melo. O ambiente de Tatiana Campos Melo se abre para o verde em grandes panos de vidro, numa composição requintada e bastante original, com destaque para o impressionante leão de Christian Cravo. A aparente fragilidade do vidro usado como piso relicário de areia provoca uma sensação de estranho encantamento pelo inusitado do material. Além disto, a presença de obras de arte faz os visitantes refletirem sobre o que aquele espaço transmite diante de tanta luz e natureza.

 

Loft do Colecionador – TRPC Arquitetos. Um loft pleno de arte e afetividade parte da premissa de que todos colecionam memórias e experiências. Com gestos arquitetônicos simples, tudo foi pensado para aliar a privacidade e a integração dos espaços. A curadoria cuidadosa apresenta artesanato de diferentes partes do mundo e obras de arte de artistas nacionais e internacionais, criando uma composição harmônica e elegante. A cadeira Frei Egídio original, desenhada por Lina Bo Bardi, e a mesa de mármore assinada pelos arquitetos fazem uma arrojada composição entre o desenho autoral e as peças consagradas.

 

Paisagismo da área externa – Tânia Facchinetti e Joilson Barbosa. A arquiteta Tânia Facchinetti e o paisagista Joilson Barbosa capturaram os componentes exuberantes da vegetação existentes no local. O belíssimo projeto preservou a maioria dos elementos vegetativos, alocando plantas apenas onde era imprescindível. A natureza e suas inter-relações são as maiores inspirações da dupla, que traduz a beleza de suas nuances e associações na paisagem. O espaço tem palmeiras-arecas e vetias, pleomeles, pândanus, dionelas, clúsias, bromélias, orquídeas, alpínias, helicônias e grama-esmeralda para forração, tornando-se um lugar especial para os amantes da natureza.

 

Living das Dracenas – Caroline Gaspar e Cauã Witzke. O grande design brasileiro permeia o espaço sofisticado da dupla de jovens arquitetos que estreiam na CASACOR. O living é confortável e grande o bastante para receber amigos e familiares. A paleta de beges e tons inspirados nos pigmentos da natureza — presente na madeira, nos mármores, na palha e nos revestimentos — serve de moldura para o mobiliário de excelência. Dominado pelas belíssimas dracenas, o living abriga obras de arte baiana de grande valor estético.

 

Varanda – Daniela Lopes. A vista espetacular para um jardim repleto de um verde suntuoso e grandes obras de arte serve de moldura para a Varanda de Daniela Lopes, que integra um espaço gourmet, bar, tv e um charmoso canto de leitura. Fiel ao seu estilo luxuoso e elegante, a arquiteta explora a boiserie em esquemas monocromáticos presentes nas persianas brancas e no forro de madeira do teto. Os xales de linho e o freijó presentes na produção e no mobiliário dão um ar requintado e acolhedor ao ambiente familiar.

 

Arena do Conhecimento Ademi / AGC – Ruy Espinheira. O espaço assinado pelo arquiteto Ruy Espinheira está assentado sob uma estrutura minimalista de peças moduladas e intercambiáveis, cuja origem é de materiais reciclados ou recicláveis. Com cerca de 70% de suas paredes em vidro, a transparência é a marca desta arena, que substitui um auditório tradicional. Lounges, cadeiras e pufes dão uma plasticidade cool ao ambiente.

 

 

Coffetown – TRPC Arquitetos. Em meio ao Jardim das Delícias, a TRPC Arquitetos assina seu segundo ambiente na CASACOR Bahia 2019. O espaço envidraçado sobre uma leve estrutura metálica traduz o desejo de plena integração do charmoso ambiente corporativo ao verde exuberante do paisagismo local. Projetado para replicar o traço do projeto original da cafeteria Coffeetown, o ambiente permite experimentar plenamente as delícias de um café sofisticado e elegante.

 

Soho – Mariana Castro. Traduzir a contemporaneidade do restaurante Soho para a mostra foi o desafio da arquiteta Mariana Castro. O uso da madeira no teto, nas paredes e nos pilares dialoga com a iluminação do ambiente dá um aspecto arrojado ao espaço. Ela sugere a refeição como uma vivência sensorial e diversificada, proporcionando uma experiência única e prazerosa.

 

Sala da Confraria – Stephanie Mattos. A arquiteta e designer de interiores Stephanie Mattos reproduziu a sensação de estar numa confraria de bons amigos, boa conversa e bom vinho em um ambiente pleno de arte e conforto. As fotografias, as telas de Almandrade e as esculturas, foram especialmente escolhidas para enaltecer o espaço. O colorido da boiserie e as texturas tornam o ambiente harmônico e sofisticado, pronto para gerar boas memórias e celebrar momentos especiais com os amigos e a família.

 

Bar Tonico – Caio Bandeira e Tiago Martins. Inspirado na Mata Atlântica e suas comunidades tradicionais, o ambiente nasce abraçado por uma estrutura de madeira que se mimetiza com as folhagens naturais, remetendo às coberturas das aldeias de povos brasileiros. A valorização estética dos elementos da natureza, seus contrastes e cores são os pontos que nortearam a concepção do projeto. A madeira e a pedra natural associadas aos tons verdes e terrosos nos remetem a uma natureza exótica. A cobertura — feita de sobras de madeira certificada apoiada em estrutura metálica — abraça o tema da sustentabilidade.

 

Bilheteria – Adriano Mascarenhas e Viviane Vieira. O projeto traduz uma linguagem contemporânea, limpa e elegante que segue as características do trabalho dos arquitetos. O rigor das linhas arquitetônicas, sem excessos, enaltece a arte contemporânea de artistas consagrados. As variações de castanho e verde sobressaem em meio a uma iluminação técnica de alto nível numa marcenaria sob medida. O acabamento em alto brilho do laminado se contrapõe ao uso de madeira e pedras naturais, guiando o fluxo do visitante e equilibrando texturas que dão personalidade ao projeto.

 

 

Cozy Box – Beatriz Cruz. O rigor das formas, valorizado pelo uso de texturas naturais, faz desta aconchegante caixa um refúgio de privacidade e conforto. O uso da madeira louro freijó dá uniformidade e alonga as linhas-mestras do projeto, indicando o fluxo para as cabines que surpreendem com as obras do artista baiano Elano Passos.

 

Espaço Deca – Aline Cangussú. A arquiteta apresenta um ambiente caracterizado pela leveza, pelo frescor e pelo aconchego. O uso de materiais naturais, da palha e do elegante linho faz o diferencial do projeto. O ambiente tem revestimento em lâmina de madeira com textura única e brinca com efeitos de iluminação surpreendentes que destacam as peças da linha Deca Cozinha.

 

Loft Luxe – Ana Paula e Ana Claudia Nonato. Multifuncional, luxuoso, livre e mutante, o espaço criado pelas irmãs Ana Paula e Ana Cláudia Nonato traduz o conceito mais desejado na planta da casa contemporânea: integração. Inspirado na delicadeza e na força da mulher brasileira, as designers omitem os limites entre exterior e interior, integrando o verde da natureza através dos painéis de vidro que multiplicam as perspectivas do ambiente suntuoso.

 

Loft Soft – Bruna Oliveira. Os lofts são a forma contemporânea de morar nas grandes cidades. As plantas integradas aliam o imperativo de ajustar nos pequenos espaços às demandas do dia a dia. O ambiente é inspirado na vida de uma mulher solteira, independente e ligada a tecnologia e inovação. De maneira muito pragmática, o mobiliário está a serviço das múltiplas necessidades deste indivíduo contemporâneo que espera funcionalidade e conforto.