Com muita brasilidade, vegetação e com a ideia de trazer a área externa para o interior,  Ana Cano Milman criou, em seu espaço na CasaCor Rio 2021, a “Loja da Casa”, espaço de 44m² .

Em um momento em que nos vemos, ainda, voltados para dentro de casa e dos lares, em um período ainda difícil da pandemia do novo coronavírus, a arquiteta traz uma reflexão sobre espaços em que a família possa comungar de momentos alegres. O ambiente, que abriga a loja Santa Cruz Home Bazaar, especializada em adornos, reproduz uma sala de estar, jantar e uma varanda gourmet, onde o olhar contemporâneo de Ana evidencia algumas tendências da arquitetura.

“O objetivo era montar três ambientes aconchegantes, em que as pessoas quisessem entrar, ficar e se sentirem convidadas a conhecerem os produtos”, explica a arquiteta.

Todos itens do décor são produtos vendidos pela Santa Home. Como o espaço se encontra na área externa, a natureza se faz presente ao redor da ‘Loja da Casa’ e serve de inspiração para a decoração. Com um toque de brasilidade, a ambientação mescla peças que fazem referências a diversos povos que se espalham pelo país, como cocares indígenas, primeiros habitantes e donos dessa terra, e pares de klompen, típico tamanco holandês, povo que se fez presente em toda história brasileira, especialmente no nordeste e sul.

Com paineis em madeira e nichos iluminados, bancos, poltronas e tapetes em tons de azul e verde menta, a exuberância da natureza brasileira ganha destaque em cada detalhe. Especialmente na varanda gourmet, onde um pergolado dá o tom do décor, especialmente à noite, quando a iluminação deixa o espaço ainda mais acolhedor.

O espaço gourmet é cercado por vegetação: dracena, jiboia, comigo-ninguém-pode e tantas outras espécies da flora trazem o verde e mais tons para o projeto. No interior da varanda, uma árvore traz ainda mais imponência ao ambiente.

Como memórias afetivas são uma das premissas do espaço, a varanda conta com um balanço, que já é um dos xodós da ‘Loja da Casa’.

 

Fotos – Gustavo Bresciani