Está chegando ao fim a 29ª. edição da CASACOR Rio. Um evento que mais uma vez trouxe muitas inovações. O jeito carioca de morar continua como ponto alto, mas a cada ano se reinventa – como os próprios cariocas, claro. Esse ano, ele ficou evidente nos inúmeros ambientes que exploravam a vista para a Baía de Guanabara, um dos pontos altos da edição realizada na revitalizada Praça Mauá. Mas também na maneira como a disposição dos espaços foi pensada: agrupando lofts, estúdios, áreas comerciais e de lazer todas bem próximas – exatamente como a geração millennial busca.

– CASACOR sempre teve essa característica de apresentar o novo morar. Ao longo desses quase 30 anos, não foram poucas as tendências que saíram dos nossos ambientes para as casas dos cariocas. Estamos sempre em sintonia com o nosso tempo, acompanhando o movimento de transformação do morar – ressalta Patrícia Mayer, sócia de Patrícia Quentel na 3Plus, empresa realizadora da CASACOR Rio desde a primeira edição, em 1991.

Mas 2019 foi um ano também de novidades. A começar pela expansão do conteúdo apresentado durante todo o evento. Além dos 44 ambientes decorados por 63 profissionais entre arquitetos, designers de interiores e paisagistas, os visitantes também puderam assistir diariamente a uma série de palestras, debates e bate-papos sobre os mais variados temas: da cor ao futuro da cozinha; da arte à arquitetura latino-americana, além de gastronomia, moda, saúde e beleza, literatura, cinema e música.

Eventos semanais como o “Arte em Foco”, promovido pela Cassia Bomeny Galeria, e o “Explorando a CASACOR com ABD”, realizado pela Associação Brasileira de Designers de Interiores permitiram que o público tivesse contato direto com artistas plásticos, curadores, críticos e, claro, boa parte dos profissionais que criaram os ambientes deste ano: craques como Paula Neder, Celso Rayol, Marcia Müller, Mario Santos , Paola Ribeiro , Duda Porto .

– Mais que uma mostra de arquitetura e decoração, a CASACOR é um evento cultural, que apresenta uma programação diversificada, uma excelente seleção de obras de arte , design , antiquariato e arte popular , uma experiência única, que ajuda a alavancar não só o mercado de arquitetura e construção, mas também a indústria criativa como um todo. São quase 30 anos ajudando a movimentar a economia do Rio e gerando empregos , o que é importantíssimo, especialmente em momentos de crise econômica como a que estamos vivendo – enfatiza Patrícia Quentel.

Os números da edição carioca são mesmo impressionantes. Em sua 29ª. edição, o evento recebe cerca de 40 mil pessoas até o dia 29 de setembro, quando a mostra encerra suas atividades. Lá em 1991, quando o Rio sediou a primeira mostra, foram cerca de 15 mil visitantes.

 

Os destaques de 2019

Esse crescimento se deve justamente à maneira como a CASACOR Rio sempre se reinventa. Vitrine do setor, o evento revelou toda a sua diversidade com lançamentos das indústrias de materiais de construção, revestimentos, mobiliário, iluminação e acessórios apresentados de forma criativa e inovadora pelos profissionais participantes. O tema do ano, Planeta Casa, foi explorado em ambientes que traduziram o desejo de bem-estar e a busca por espaços que proporcionem um momento de pausa, para deixar tudo de lado e simplesmente respirar e descansar.

A máxima “não é preciso muito para ser feliz” foi traduzida em ambientes com poucas peças, de valor real e simbólico. Uma qualidade não só estética, mas também ambiental, que ficou evidente no uso de materiais sustentáveis e até na proposta do evento desse ano, ocupando um edifício histórico numa área recentemente revitalizada. Algo que poderia representar o futuro da moradia na região central da cidade.

Sede da CASACOR Rio 2019, o edifício Touring foi também um dos grandes destaques desta edição. A construção em estilo eclético, com elementos do art-déco, foi projetada pelo arquiteto francês Joseph Gire e construída no início da década de 1920 para ser a porta de entrada da cidade para quem chegava de navio. Após a CASACOR Rio, será transformado no Mercado do Porto, um espaço gastronômico inspirado em modelos internacionais.

Para quem ainda não foi à mostra, a hora é agora: a CASACOR Rio termina no próximo domingo, dia 29, e funciona de terça a sábado, das 12h às 21h e domingo, das 12h às 20h, na Praça Mauá, 2.

 

CASACOR RIO 2019

Período: até 29 de setembro de 2019

Horário: de terça a sábado, das 12h às 21h; domingo, das 12h às 20h.

Local: Praça Mauá, 2.

Tel: (21) 2512-2411

 

Ingressos para visitas de terça a sexta-feira

Ingresso inteiro: R$ 50

Meia entrada: R$ 25

 

Ingressos para sábados, domingos e feriados

Ingresso inteiro: R$ 60

Meia entrada: R$ 30

 

Passaporte: R$ 160

Anuário: R$ 40

 

Crianças até 10 anos não pagam. Idosos acima de 60 anos e estudantes com carteira oficial pagam meia entrada.

 

Mais informações no www.casacor.com.br