Os ambientes vencedores do Prêmio Planeta Casa 2019, da CASACOR Santa Catarina  – Florianópolis, foram anunciados em noite de festa na quinta-feira (17) no Cidade Milano, Centro da Capital. Dos 40 projetos apresentados por mais de 70 profissionais, quatro destacaram-se em seis categorias que enaltecem os ideais de sustentabilidade, tecnologia e afeto. O Loft Pra Perto do Mar, de Juliana Pippi, foi o destaque da noite e levou três troféus. O evento, este ano realizado em parceria com o Grupo RIC, reuniu alguns dos principais nomes do mercado de arquitetura, design e décor do Estado.

Conheça os vencedores nas fotos de Mariana Boro e Lio Simas:

 

Na categoria Prêmio Planeta Casa – Melhor adequação ao tema Sustentabilidade, o premiado foi A Bilheteria (foto acima), de Gabriela Bosco Dutra e Vanessa Buonomo. O projeto foi destaque por apresentar soluções de baixo impacto ambiental e a utilização do bambu.

 

O Loft Pra Perto do Mar,  de Juliana Pippi (foto acima)  levou o Prêmio Planeta Casa – Melhor adequação ao tema Afetividade –  que propôs aos visitantes uma conexão especial a partir do conceito de arquitetura emocional. O Prêmio Ambiente Original Residencial  e Ambiente Destaque  também foram para o espaço de Juliana Pippi.

 

O Prêmio Planeta Casa – Melhor adequação ao tema Tecnologia foi para o Aurora Blue (foto acima), de Allan Chierighini e Graziella Oliveira. O ambiente valorizou o uso da tecnologia a favor dos propósitos humanos, desde os dispositivos tecnológicos (eletroeletrônicos) até o uso da tecnologia para possibilitar layouts flexíveis e móveis versáteis. 

 

 O Prêmio Melhor Ambiente Comercial e de Uso Público foi entregue para o Porão UNILUX (foto acima), assinado por Beatriz Zeglin, Mariana Maisonnave, Arthur Lins, Felipe Finger  e Vitor Sadowski. 

 

Os ambientes que me chamaram atenção na edição Florianópolis da CASACOR/SC foram os mais leves, suaves, com revestimentos claros: brancos, beges, crus, os tons de areia. Um clima de praia. Acho que Florianópolis inspira isso. O Loft Pra Perto do Mar, de Juliana Pippi, é um exemplo evidente. Outros ambientes suaves também se destacaram, como o Cloud Nine, de Gabriel Bordin; o Cozy Office, da 3P Studio; ou o Living Branco, de Salvio Moraes Jr e Moacir Schmitt Jr. Achei os projetos antenados ao tema Planeta Casa: zero ostentação, revestimentos baratos e produtos artesanais — avalia Pedro Ariel, diretor de Conteúdo e Relacionamento da CASACOR em todo o Brasil e um dos jurados do Prêmio.

Além de Pedro Ariel, outros profissionais especialistas na área fizeram parte do júri: o coordenador do curso de arquitetura e urbanismo da Univali, Carlos Barbosa; o arquiteto e presidente da AsBEA/SC, Carlos Lopes; o arquiteto e professor do curso de pós-graduação da Univali, Evandro Gaspar; a arquiteta e professora do curso de arquitetura e urbanismo da Univali, Katia Maria Veras; a fotógrafa especializada em arquitetura e interiores Mariana Boro; o fotógrafo especializado em arquitetura e interiores Lio Simas; a diretora da ABD/SC e designer de interiores Michele Pires; a jornalista e publisher do portal ArqSC, Simone Bobsin;  o fotógrafo especializado em arquitetura e interiores Denilson Machado; a jornalista especialista em arquitetura e interiores Eleone Prestes; e pelo diretor de relacionamento e conteúdo CASACOR, Pedro Ariel Santana.