O site da Casa Vogue trouxe em nota: “Sofisticação de tons e formas ao redor da mesa. A combinação de rosa e preto é dramática, mas a teatralidade desse mix de cores funciona perfeitamente na sala de jantar assinada pela arquiteta Juliette Byrne. A parede é revestida completamente pelo primeiro tom, e a cor mais escura aparece em duas cadeiras Eames, na luminária e em acessórios decorativos. A expressividade da decoração é balanceada com o branco da mesa e dos pendentes, e também pelo elegante piso de madeira clara. Talvez esses elementos não fossem suficientes para conter a energia da profusão de tons – a extravagância é controlada também pelas formas modernas dos móveis e objetos. O toque final fica por conta do arranjo de flores, que traz poesia e embeleza o momento das refeições.