Em nota, a coluna Gente Boa informou: “Do ator Paulo Betti, elegendo a arquitetura de Niemeyer como parte do fracasso do  Congresso: ‘Sei que o buraco é mais embaixo, mas o prédio não ajuda a democracia. O palco é largo demais. Há péssima relação palco-plateia,  desfavorecendo a concentração em quem está falando e a consequente troca de ideias. Tudo leva à dispersão’.” Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/ Segundo Caderno/ Gente Boa/ 30/09/12