Com talento para a profissão desde a infância, Angela Medrado acredita que o trabalho é uma oportunidade para que
cada um exerça seu dom. Em entrevista ao Radar Decoração, a arquiteta e designer de interiores contou sobre seus gostos, carreira e sonhos.

 

RD:  Por que você escolheu essa profissão?
A.M:Desde a minha infância meus pais falavam da minha facilidade com as proporções e da boa noção ao compor as cores. Acho que profissão é onde exercermos o nosso dom.

 

RD: Como você define seu estilo de trabalho e como foi o caminho que percorreu para desenvolvê-lo?
A.M: Uma mistura do contemporâneo com o clássico. Desenvolvi com muita observação e dedicação.

 

RD: O que você considera essencial em qualquer bom projeto de interiores?
A.M: Antes de tudo, perceber o cliente e transformar seus sonhos em realidade. É para eles que estamos elaborando o projeto. Nunca me esqueço desta função. Evidentemente aconselho e troco ideias usando sempre a experiência adquirida durante os anos. Penso sempre em ambientes que atraiam as pessoas, façam com que elas se sintam confortáveis e abraçadas por esta atmosfera.

 

RD: Qual a importância de materiais sustentáveis no seu trabalho?
A.M: Procuro estar atenta a este novo conceito nos meus projetos. Exploro a luz natural, uso lâmpadas de leds e madeiras de reflorestamento.

 

RD: De onde vem a sua inspiração?
A.M: Estou constantemente pesquisando. Nas horas de lazer, em livros, filmes e viagens.

 

RD: Quais são suas cores favoritas no décor?
A.M: Gosto dos tons neutros: os tons de bege, cinza, branco e às vezes um toque de cor.

 

RD: Forma, função ou emoção?
A.M: Estarão sempre se complementando na elaboração de um projeto.


RD: Quais você acredita serem as peculiaridades do mercado carioca? O que falta nele?
A.M: Informalidade e leveza, resultando em projetos extremamente charmosos. A carência está na mão de obra das construções.

 

RD: Como é a sua casa? O que você gosta de ter nela?
A.M: Minha casa é contemporânea, com tons claros. Foi projetada para valorizar os meus móveis de família, alguns já existentes há quatro gerações.

 

RD: Que projetos entregou recentemente que gostaria de destacar?
A.M: O que fiz no condomínio Riserva Uno – Barra. Destaco porque foi encantador estar com uma cliente que aos poucos se tornou minha parceira no trabalho, com grande sintonia, que fez com que o projeto tivesse um resultado maravilhoso.

 

RD: Que projetos está fazendo atualmente? Algum que curte em especial?
A.M:Curto todos, mas estou adorando o desafio dos meus projetos em São Paulo.

 

RD: Algum projeto que sonha em fazer e nunca fez?
A.M: Uma casa,da escolha do terreno ao arranjo de flores.

RD: Quem são seus designers de mobiliário favoritos?
A.M: Andre Putman, Carlos Motta e Claudia Moreira Salles.

 

RD: Qual o maior aprendizado nos anos de profissão?
A.M: Relacionamento interpessoal.
Foto: Valéria Amaral