Ignez Ferraz – Mesinha Sophie aberta

A exposição “O design e a madeira”, que será aberta no próximo dia 12 de dezembro, sábado, no MAM Rio, pretende homenagear a matéria-prima símbolo do design brasileiro: a madeira. Com trabalhos criados por designers contemporâneos que vivem na cidade e usam o material de forma criativa, inovadora e sustentável, a mostra tem curadoria de Tulio Mariante.

Serão apresentadas obras dos designers Aida Boal, Antônio Bernardo, Bernardo do Amaral, Bernardo Senna, Beto Bernardo, Carlos Simas, Eduardo Baroni, Fernando Mendes, Felipe Bardy e Bernardo Sodré, Gustavo Bittencourt, Guto Índio da Costa, Hugo Galindo e Henrique Meireles e Luiz Eduardo Rocha, Ignez Ferraz, Ivan Rezende, Izabella Suzart, Leonardo Carneiro, Lia Siqueira, Leonardo Lattavo e Pedro Moog, Mariana Ferrarezi e Roberto Hercowitz, Ricardo Graham, Rodrigo Calixto, Thomaz Brasil e Zanini de Zanine.

Izabella Suzart – Olivia

A mostra celebra ainda a memória de Sergio Rodrigues, Joaquim Tenreiro e Zanine Caldas, e cada um deles terá um painel com mini-biografia, algumas fotos pessoais e de projetos. No dia da abertura da exposição haverá uma visita guiada com o curador. Dentre as curiosidades da exposição estão sapatos com saltos altos feitos com madeira maciça, de Izabella Suzart, uma coleção de jóias de madeira criadas por Antonio Bernardo, óculos feitos a partir de tacos de chão abandonados, de Hugo Galindo – Zerezes, produtos utilitários trabalhados unicamente no torno, de Thomaz Brasil, e mobílias construídas como quebra-cabeças, sem pregos, parafusos ou colas, de Carlos Simas.

Antonio Bernardo – Colar Wood

“A madeira faz parte da história do Brasil”, destaca Tulio Mariante. “Foi o pau-brasil que inspirou o nome da nossa terra. De cor avermelhada, encontrado pelos descobridores que aqui desembarcaram, o pau-brasil é a matéria-prima símbolo de um país de grandes dimensões territoriais, com um extraordinário conjunto de matas e florestas, e uma variedade de espécies que faz da madeira uma das nossas maiores riquezas naturais. Arquitetos e designers, ao longo da nossa história, elegeram a madeira como protagonista de seu trabalho e suas criações”, observa ele. O curador lembra que “a partir da madeira criadores como Sergio Rodrigues, Tenreiro e Zanine Caldas, desenvolveram uma linguagem própria da identidade brasileira”, e ressalta que esta exposição comemora os 450 anos da cidade do Rio de Janeiro.

Pantosh Família – Lattoog

“As florestas brasileiras, muitas vezes vilipendiadas e usadas ao longo do tempo de forma irresponsável, são hoje objeto de preocupação entre designers que se dedicam ao uso sustentável da madeira. A reutilização da madeira, e o fato de se criar com ela produtos de longa durabilidade, desenvolvem uma fabricação responsável que irá ajudar a preservar uma das principais matérias-primas brasileiras”, afirma Tulio Mariante.

Serviço: O design e a madeira

Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro

Abertura: 12 de dezembro de 2015, às 15h

Exposição: até 14 de fevereiro de 2016

Realização: MAM Rio

De terça a sexta, das 12h às 18h.

Sábado, domingo e feriado, das 11h às 18h.

Ingresso: R$14,00

Estudantes maiores de 12 anos: R$7,00

Maiores de 60 anos: R$7,00

Amigos do MAM e crianças até 12 anos: entrada gratuita

Quartas-feiras a partir das 15h: entrada gratuita

Domingos ingresso família, para até 5 pessoas: R$14,00

Endereço: Av. Infante Dom Henrique, 85

Parque do Flamengo – Rio de Janeiro – RJ 20021-140

Telefone: 21. 3883.5600

www.mamrio.org.br