Izabela Lessa está longe de ser uma estreante quando o assunto é Casa Cor. Com a ex-sócia Gisele Taranto a arquiteta participou de quatro edições do evento. Mas desta vez, a moça abraçou a missão sozinha e não esconde que sente um friozinho na barriga…

A julgar pelo conceito adotado para criar a Foto Galeria da mostra, podemos apostar que o espaço será um sucesso. “Meu espaço ficará num anexo fora da casa, virado para a sala de jantar. E eu queria que a casa entrasse na galeria. Por isso, optei por uma parede de vidro dando para a sala projetada pela Paola Ribeiro”, diz.

Izabela conta que uma preocupação foi bolar um ambiente que, apesar criativo, não competisse com a arquitetura.  “No teto coloquei um espelho para refletir as obras, as pessoas, a natureza – a ideia é provocar emoção”, conta. Para aumentar o campo de exposição das fotos, foi criada uma parede suspensa por uma viga metálica.

O acervo foi selecionado pela H.A.P, de Heloisa Amaral Peixoto. Os móveis são do antiquario Arnaldo Danemberg. Já a iluminação tem a assinatura de ninguém menos que Maneco Quinderé, o light designer que ganhou fama com seus projetos para o teatro.  Mais cenográfico impossível. Izabela criou um contorno feito de vidro preto em volta da fachada, dando a impressão de que o espaço em si é um quadro, uma obra de arte.