Aberta para o público desde o dia 10/12, a exposição “Os animais e o imaginário naïf” apresenta obras de mais de 50 países diferentes retratando os animais, reais e imaginários, presentes no cotidiano e em lendas e mitos. A cenografia remete a um passeio pela floresta e a seleção de obras apresenta um olhar ora divertido, ora dramático sobre os animais e suas representações. Entre as obras, está em destaque “O gato”, do artista  francês Germain van Der Steen, considerado um dos mais importantes artistas naïf do século XX. Ele ficou conhecido por retratar gatos, felinos e pássaros. Além desta pequena tela, um panô indiano do século 19 representando uma passagem da história de Ganesha, o deus Hindu da sabedoria, chama atenção pela delicadeza dos bordados e os detalhes dos animais representados. Veja as fotos.