A Florense foi para a Feira Internacional do Móvel de Milão levando 28 arquitetos de todo o Brasil. Uma das novidades que chamaram a atenção do grupo foi o uso de tecnologia no mobiliário. Portas de armário com abertura mecânica parecem ter virado coisa do passado. Em Milão, os armários são como os da casa dos jetsons: basta apertar um botão para que suas portas se abram. “O que nos faz pensar que a próxima geração vai abrir portas com o pensamento”, brinca o carioca do grupo, o arquiteto Caco Borges, habitué do evento, em sua décima-sexta visita à feira.

Os armários automáticos chegarão às lojas Florense do Rio a partir do segundo semestre e as encomendas já podem ser feitas. “A Florense já vinha investindo em automação antes mesmo da feira. Tanto que na loja que acabamos de inaugurar no Recife já temos armários com este conceito”, diz o diretor de marketing da empresa Mateus Corradi.

O uso do tricô, das madeiras com toque natural e cores marcantes (como amarelo, azul, turquesa e pistache, além dos tradiocais tons de cinza) foram outras tendências observadas pelos arquitetos em Milão. “O interessante é que não somos mais surpreendidos quando chegamos à feira. As novas tecnologias não são exclusivas de fabricantes internacionais. Muito do que vimos já estávamos levando para nossas lojas. Hoje, usamos o evento para testar, confirmar as apostas nas quais já estamos investindo”, diz Corradi.

 

O carioca Caco Borges, à direita, de casaco no ombro, foi um dos 31 arquitetos brasileiros levados pela Florense a Milão

FLORENSE:
Barra: Av. Ayrton Senna 2150, Bloco I, loja 202, Barra, RJ, 22775-000.
Seg. a sex. de 10 às 22h, sáb. de 10h às 22h, dom. De 15h às 21h.

Ipanema: R. Joana Angélica, 169, Ipanema, RJ, 22420-030.
Seg. A sex. De 9h às 20h, sáb. De 9h às 18h.

www.florense.com.br