Com curadoria de Matthieu Poirier, a Galeria Nara Roesler, em Ipanema, abriu ontem, dia 16, a individual Circulation, do artista suíço Philippe Decrauzat.  Apresentada simultaneamente nos espaços da Galeria de São Paulo e Rio de Janeiro, a mostra reúne cerca de trinta obras sobre o princípio comum da circulação e convida o expectador para um experiência sensorial que muda de acordo com o caminhar no espaço.

Os trabalhos apresentados abordam criticamente várias correntes históricas: arte concreta, neoconcretismo, arte perceptiva, cinetismo, arte ótica e arte minimalista, que são revisitadas à luz de vários campos culturais, como o cinema, a física ondulatória, a arquitetura modernista, a música drone ou ainda as ciências cognitivas. Ao mover-se no espaço, o corpo do espectador encontra armadilhas para o olhar, levando a uma experiência de percepção e especulação estética que se altera conforme o ângulo da visão e o movimento de cada indivíduo.  

Veja a galeria de fotos da abertura da exposição.  Fotos: Miguel Sá

Galeria Nara Roesler – Rua Redentor, 241 –Ipanema  – Rio de Janeiro.