Artista apresenta cerca de 20 trabalhos em duas séries, na Galeria Marly Faro

A artista plástica Gilda Goulart decide apostar em temas que sempre tocaram a sua alma: “A indiferença humana” e “A possibilidade de transformar a natureza”.
A individual A Arte em 2 Segmentos acontece entre os dias 02 e 17 de junho na Galeria Marly Faro, em Ipanema. Aproveitando também para comemorar os 50 anos de carreira da artista.
Com curadoria de Celina Azeredo, estão reunidos 20 trabalhos inéditos – separados em duas séries –,  criados por Gilda na última década.

A primeira série, batizada pela artista de Severina, começou a ser produzida há oito anos, quando Gilda, na saída de seu ateliê em Santa Teresa, encontrou um amigo fotógrafo. Ele vinha de um dia difícil, onde tinha fotografado uma mulher, migrante nordestina e pobre, que morreu com o corpo queimado em uma comunidade carioca. A imagem era chocante, mas não havia sido escolhida pelo editor e seria esquecida em poucas horas.

A artista, no entanto, não conseguiu tirar aquilo da cabeça e pediu ao amigo a foto. A partir daí, ela deu vida à série de seis trabalhos. As imagens das queimaduras foram impressas em transfer sobre algodão e bordadas com ponto de alinhavo. “Foi uma homenagem que decidi fazer às mulheres. Dei significado e cor àquelas pessoas que muitas vezes passam invisíveis pela sociedade”, orgulha-se Gilda.

Na segunda série de trabalhos, Gilda, que foi aluna de Ivan Serpa e Charles Watson, aposta na leveza de folhas, ramos, galhos e sementes, imagens de antigos slides que passava para seus estudantes na década de 80. Depois de recuperar o material guardado em sua casa e fazer interferências nele, a artista revela imagens distorcidas que mostram a exuberância de cores e formas encontradas na natureza. “Este trabalho é muito interessante porque nunca sei exatamente o que vai sair. É sempre uma incógnita”, conta.

Serviço

Exposição: A Arte em 2 Segmentos, por Gilda Goulart
Local: Galeria Marly Faro – Rua Aníbal de Mendonça, 221, Ipanema
Abertura: 02 de junho, às 19h30
Visitação: 03 a 17 de junho
Horário: De segunda a sexta-feira, das 12h30 às 19h, aos sábados, das 9h às 13h
Telefone: (21) 2259-9417