O Caderno Especial Copacabana trouxe matéria sobre o mais famosos hotel do Bairro. Da sacada do Copacabana Palace, Bono Vox pediu silêncio para a multidão de fãs que se esgoelava na porta do hotel. O público obedeceu e o vocalista do U2 começou a cantar, à capela. Na hora do refrão, foi ele quem silenciou para reger o coro daqueles que mal podiam acreditar no que estava acontecendo. A imagem foi tão forte e surpreendente que a lembrança de Cláudia Fialho, diretora de Relações Públicas do hotel, acabou apagando a trilha sonora. “One”, “Sunday bloody sunday”, “With or without you”, não importa. O que fica da cena, ocorrida em 1998, é que, olhando o mar de Copacabana, nem artistas tarimbados conseguem manter a rigidez dos protocolos. E, para continuar recebendo os principais nomes da música, do cinema e da política, e sendo palco de histórias marcantes, o Copacabana Palace vai passar por uma ampla reforma nos próximos meses. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/ Caderno Especial: Copacabana/ Foto: Wagner Meier