De acordo com nota da coluna Sei lá, mil coisas, “a criação aí à esquerda é de um designer alemão, mas a inspiração veio do Japão. A cadeira Callita, de linhas que imprimem um movimento à peça estática e parecem desafiar a lei da gravidade, faz uma referência aos ideogramas nipônicos, chamados de kanjis — aqueles famosos símbolos que representam amor, coragem, paz, felicidade etc. Assinada por Andreas Ostwald para o estúdio italiano Infinity, a novidade, produzida em poliuretano com base em alumínio, é novidade da Udine Casa. Espaço Itanhangá Center, bloco A, Barra (2493-5764)”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/ Revista O Globo/ Sei lá, mil coisas/ 12/05/13