O CCBB Rio inaugurou ontem, segunda-feira, a exposição “Amazônia, ciclos de modernidade”, principal projeto da instituição para a Rio+20. Com curadoria de Paulo Herkenhoff a mostra apresenta, num percurso visual inédito, a história da modernidade na região amazônica.  Cerca de 300 obras, desde o século XVIII até os dias atuais ocupam o primeiro andar e a rotunda, que recebe uma instalação de arte popular criada por artesãos de Parintins. A fachada do prédio recebe pela primeira vez um site specific, criado pelo artista Éder Oliveira, exposto nos vãos das janelas da instituição. Veja fotos do evento na galeria.

Fotos de Marco Rodrigues