A Prefeitura do Rio, Secretaria Municipal de Cultura e o Centro Municipal de Arte Helio Oiticica inauguraram no dia 27 de abril uma exposição que o Rio de Janeiro aguardava há três décadas: NEWTON REZENDE – exposição comemorativa do centenário. Perfeito intérprete do cotidiano carioca, Newton era um dos artistas brasileiros mais louvados dos anos 60 aos 80, quando suas exposições na Galeria Bonino transformavam-se em verdadeiros cults da cidade.  A mostra apresenta quase uma centena de pinturas e desenhos realizados de 1963 a 1983 “Nossa proposta é aproveitar o centenário do artista para, na verdade, homenagear o povo carioca e fluminense, matéria prima de suas obras. Além da pertinência histórica em revisitar a vida e obra desse artista, há relevância em apresentar os dois conteúdos, que ele fazia questão de tratar de forma independente: o pictórico e o profundo domínio da técnica gráfica, do desenho”, declara Leonel Kaz, curador da mostra. Confira nas fotos de Ricardo Passos.

[nggallery id=787]