Uma das mais importantes coleções de arte privadas do Brasil, a de Gilberto Chateaubriand, poderá ser apreciada em livro a partir deste mês dezembro. Foi lançado ontem, no MAM RJ, pela Editora Barléu, a publicação “Coleção Gilberto Chateaubriand – 1920 a 1950”, primeira de três volumes. Os outros dois volumes estão previstos para 2012 – o segundo será dedicado aos anos 60 a 80 e o terceiro aos anos 90, 00 e Novíssimos.

A primeira publicação aborda cerca de 50 artistas, com obras que vão da pintura, à gravura, fotografia e escultura, totalizando mais de 150 reproduções. Entre os artistas estãoTarsila do Amaral, Anita Malfatti, Hélio Oiticica, Cícero Dias, Lasar Segall, José Pancetti e Guignard. Foram priorizados artistas brasileiros e os estrangeiros que tiveram forte ligação com o Brasil. O livro tem texto crítico do professor de História e Teoria da Arte da Universidade do Estado do Rio de Janeiro – Roberto Conduru. Confira nas fotos quem esteve no lançamento.

Fotos de Marco Rodrigues

Informações:

Título: Coleção Gilberto Chateaubriand – 1920 a 1950

Autor: Roberto Conduru
Designer: Claudia Zarvos

Idioma: Português

Editora: Barléu Edições LTDA

Páginas: 252
Dimensões: 27 x 25 cm

Valor previsto: R$ 130,00