O espaço foi batizado de Chapelaria das Maravilhas pelos arquitetos Verônica Valle e Mateus Viana, pela primeira vez trabalhando juntos no Casa Cor. A dupla flerta com a famosa história de Alice e também com os quadros surrealistas de René Magritte. Tanto que só tem um chapéu em todo o ambiente e de palha. “É como se fosse um jardim interior, lugar para guardar memórias… Tem mais a ver com o que se passa dentro das nossas cabeças do que com o que colocamos em cima delas”, brinca Verônica. A estrela da chapelaria é a consagrada Cadeira Mole, de Sérgio Rodrigues. Ela fica lá no alto, numa palafita de madeira com dois metros de altura. A estrutura lembra aquela da casa da árvore que todos sonhamos ter quando crianças. Embaixo dela, como num celeiro (com direito a cestos de ovos e de maçãs ), os arquitetos criaram um ambiente pra lá de lúdico, com bonecas e louças antigas, muitas plantas e flores, quadros, fotografias e um banquinho, também de Sérgio Rodrigues (na verdade, o primeiro que ele criou), entre outros objetos. Papel em floral francês colado do chão até a metade das paredes remete à origem arquitetônica do palacete. Na outra metade, papel verde amarelo, claro, uma homenagem ao Brasil. “É um espaço que acumula histórias… É para as pessoas apreciarem e darem asas à sua imaginação”, conclui Verônica.

 

DESIGNDONOVO

Veronica Valle e Mateus Viana – Tel: 21 25377576 – 87299258 – 88654868

designdonovo.com.br