A artista Maritza Caneca abriu sua individual na quinta-feira, dia 23, no Paço Imperial, com curadoria de Vanda Klabin. A mostra “Maritza Caneca | Série Piscinas” apresenta uma seleção inédita de 25 fotografias, em grandes e pequenas dimensões, ampliadas em papel algodão. As fotografias foram produzidas em países como Brasil, Israel, Cuba, Suíça e Estados Unidos. Em meio aos convidados, na abertura realizada na noite de ontem, Maritza recordou alguns casos. “A primeira piscina que fotografei foi em 2013, no Museu do Açude, aqui no Rio. Depois não parei mais”, disse.  “Sempre que vou fazer uma viagem pesquiso antes. Às vezes chego num lugar achando que vai render muito e não sai nada e, em outros casos, entro rápido sem permissão e a foto fica maravilhosa”, falou aos amigos. Confira quem esteve presente nas fotos.