Na sala de música, assinada pelas arquitetas Lia Lamego e Mônica Camargo, a palavra de ordem será relaxar no embalo de canções que marcaram época. “Queremos resgatar essa sensação de chegar em casa e curtir uma boa música, em vez de ir direto para a televisão ou para o computador”, conta Lia.

As paredes serão decoradas com capas de discos históricos. A ideia é remeter o visitante à tempos remotos através das canções. Nos estofados, a dupla usará tons neutros, de cinza e bege.

A maior aposta do ambiente ficará por conta do áudio. Lia e Mônica usarão um equipamento de vinil de alta performance, da marca MBL, trazido da Áustria pela empresa Logical Design. “Vamos estar falando com um público AA, afinal, trata-se de um equipamento muito caro. Para se ter uma ideia, alguns tipos de caixas chegam a custar R$ 1 milhão a dupla. É um equipamento realmente especial, indicado para audiófilos”, diz Lia. E de paixão pela música essa arquiteta entende. Há quinze anos ela canta no chamado Coral Jovem do Rio, da Igreja Adventista. “Costumo dizer que é minha outra vida”, conta Lia, que já fez apresentações nos programas do Jô e da Xuxa e em países como Chile e Argentina.