A portuguesa Mônica Penaguião, designer de interiores e dona da Poeira, loja de design com filiais em Lisboa e no Rio, acaba de concluir as obras da sua própria casa em terras cariocas. Na verdade, um apartamento de 400 metros quadrados em frente à praia de Ipanema que ela transformou num imenso sala e dois quartos. “Ele tinha orginalmente 5 quartos, quebrei paredes, ampliei tudo. Gosto de espaços amplos, sem muitas divisórias”, conta. Ela esbanjou cor e bom humor na decoração do seu novo apartamento na Vieira Souto. Numa das salas, um tapetão azul que trouxe de Portugal e um grande sofá (criação dela própria) misturam-se a peças de grandes designers internacionais como Phillipe Starck (console), Maarten Baas (ventilador), Ros (luminária Zappelin) e Emílio Pucci (poltronas), entre outros. No quarto dos filhos, dois anões, também criação do mestre Phillipe Starck, fazem sucesso entre as crianças. “Gosto de misturar peças de designers conhecidos com criações próprias e objetos achados em uma loja de ferro velho qualquer, por exemplo. É este mix que dá alma e alegria à casa. Não importa se é a sala de estar ou um lugar íntimo do quarto. Podemos enfeitar a nossa casa com ideias simples, que ganham força porque são originais”, ensina.
Algumas peças:
Poltronas azuis – Emilio Pucci
Anões e console – Phillippe Starck
Ventilador – Maarten Bass
Sofá – Poeira by Mônica Penaguião
Luminária – Ros