O artista cearense Espedito Seleiro, 79 anos,  abre  a exposição “Ditos pelo Espedito” a partir desta quinta-feira (9),  em Teresina, na comemoração dos 30 anos da loja de móveis Terrasse.

Natural de Nova Olinda, na região do Cariri, o filho de seu Raimundo Seleiro, criador da famosa “sandália quadrada de Lampião”, deu novos ares a poltronas emblemáticas da história do design, como a Butterfly (1938), a FDC1 (1939), de Flávio de Carvalho, a Paulistano (1957), de Paulo Mendes da Rocha, e  a Xibô (2013), de Sérgio Rodrigues.

Esses e outras peças de designers contemporâneos estão na mostra idealizada pelo empresário Luiz Fernando Dantas em comemoração ao aniversário de sua loja em Teresina. Aristeu Pires e Ronald Sasson, integrantes do grupo de designers da mostra, estarão presentes também na inauguração.

Essa não é a primeira vez que Seleiro faz parceria com designers. Em 2016, lançou a coleção Cangaço com Fernando e Humberto Campana: os móveis da dupla também serviram de suporte para o primoroso trabalho do artesão. O cearense, aliás, ganhou destaque no país graças à turma da moda. Foi convidado pela grife Cavalera, em 2005, a desfilar seus artefatos na passarela da São Paulo Fashion Week.  No cinema, fez a roupa de Marcos Palmeira no filme “O Homem que desafiou o Diabo” e, em palcos musicais, vestiu Luiz Gonzaga e Dominguinhos.

Aprendeu o ofício de seleiro com o pai, que herdou a máquina de costura do bisavô. Fez sela, roupa, bota e acessórios para muitos cangaceiros e fazendeiros da região, mas, ao diversificar a produção para ajudar a mãe no sustento dos nove irmãos, com bolsas e sandálias, ganhou clientela além das fronteiras cearenses. A arte de Espedito chama a atenção pela diversidade de cores, pelas texturas e pelos desenhos de influência cigana, povo que sempre o fascinou. No início deste ano, esteve em Londres para expor seu trabalho na Embaixada Brasileira. Agora prepare-se para visitar Teresina, onde verá pela primeira vez a coleção “Ditos pelo Espedito” completa.