O terreno acidentado de mais de 3 mil metros quadrados, cortado por um rio, era um desafio para Suzi Barreto e Claudio Pedalino, da Landscape, que toparam a empreitada de criar ali um paisagismo quase imperceptível, que paracesse mimetizar com a bela paisagem de Araras. O resultado ficou tão harmônico que venceu o prêmio Casa Cláudia 2013 na categoria de Paisagismo (por sinal, a Landscape conquistou pela segunda vez consecutiva!). “Usamos espécies nativas como quaresmeiras e palmitos, misturando com as típicas dos jardins serranos que são os agapantos, azaléias e hortências. Desenhamos os caminhos e escadas com granito bruto e dormentes e tomamos cuidado para valorizar as margens do rio sem esconder o curso de água. A sensação, ao passear entre o pomar, horta, parquinho e piscina natural, é que tudo faz parte do contexto há muitos e muitos anos”, explica Suzi. “Como frequento a serra desde pequena, tinha uma boa intimidade com a paisagem e sabia bem como interferir sem torna-la estranha ou falsa. Essa preocupação norteou o desenvolvimento de todo o projeto”, avalia ela. E acrescenta: “Embora a área seja grande, ela é aconchegante e gostosa de admirar e desfrutar. Não dá para imaginar a casa sem a vegetação em volta. Há uma integração natural”, arremata.

Fotos: Leonardo Costa