Paulo Ouro Preto inaugurou ontem, dia 27, no Fashion Mall, uma exposição e um livro contendo três de seus trabalhos com tiragem de 30 cópias, com direito a noite de autógrafos. A mania de rabiscar folhas de papel toda vez que falava ao telefone fez com que o empresário Paulo descobrisse uma nova habilidade: desenhar. “Comecei a rabiscar enquanto participava de longas ligações de trabalho. Percebi que isso me ajudava a relaxar e a concentrar. Inicialmente, produzi uma série de desenhos em ‘post-its’ com uma linguagem voltada para o universo infantil”.

Os desenhos de Paulo têm um estilo e um traço próprios, com referências nos quadrinhos, personagens divertidos e imaginários. Com o tempo, desenvolveu uma linha de traços leves, mais variada, paisagens, objetos abstratos, unindo várias técnicas de arte e impressão digital. O universo particular de Paulo e seu imaginário inquieto também chamaram a atenção do galerista Arnaldo Bortolon, da Galeria Samba, no Fashion Mall, “Acho o trabalho do Paulo leve, alegre, jovial”. O interesse resultou no convite de Bortolon para exposição.

Veja nas fotos de Ari Kaye.

[nggallery id=1809]