Craque em criar estofados estilosos que dialogam com o universo da moda, o premiado designer Marcus Ferreira recorreu a técnicas de alfaiataria, bolsos, drapeados, matelassês e tecidos em risca de giz para criar sua nova coleção. É o caso das poltronas Carbono 210, Carbono 21 e Carbono 24, que acabam de chegar ao Arquivo Contemporâneo.

Leve e funcional, a Carbono 210 conta com uma capa removível que pode ser adquirida individualmente, além do sistema invisível de rodízios acoplado na parte da frente e uma alça nas costas da poltrona, projetada especialmente para facilitar a locomoção por qualquer pessoa. A peça, apropriada para ambientes pequenos, possui bolsos laterais integrados à capa para guardar acessórios, revistas e jornais. Um deles em especial foi inserido na parte superior da peça e serve para acomodar gadgets, como telefones celulares e dispositivos de música, por exemplo.

Já a Carbono 21 tem no conforto seu grande destaque, com assento em futon turco e revestimento em cores sóbrias com variações de cinza. A aplicação em matelassê do encosto da poltrona contrasta com a estrutura de algodão na cor chumbo com listras brancas, lembrando risca de giz. A leveza fica por conta dos pés de ferro pintado disponíveis em diversas cores. Parceria entre Marcus Ferreira e  Hulk Giannelli, a Giratória Carbono 24 é bem descolada. O design brinca com as formas e com os recursos da alfaiataria empregados no encosto e nas laterais. O drapeado criado para a parte interna da poltrona e o assento em espuma desenvolvida especialmente para a Carbono agregam conforto à peça.

Arquivo Contemporâneo

Ipanema – Rua Redentor, 147.

Tel.: 2227-9120.