A Kaza publicou em matéria: “No Rio, Débora Aguiar exercita sua verve tropicaliente com uma brisa elegante de plástica, ergonomia e a melhor mistura de arte brasileira. Sem minimalismo, sem excessos e com luminosidade espetacular”. Leia mais na edição de julho.

Fonte: Kaza/ Reportagem: Alex Colontonio e Daniela Arend