Segundo reportagem do caderno Ela, “como dizia Chacrinha, quem não se comunica se trumbica. A frase e o conceito estão presentes no novo escritório do grupo Reserva, dos sócios Rony Meisler, Fernando Sigal, Jayme Nigri e José Alberto Silva, projetado num espaço de 2 mil m² em São Cristóvão. Anteriormente o galpão de uma gráfica, o espaço foi remodelado para acomodar os 300  funcionários em 29 setores. Esqueçam, no entanto, a ideia de baias brancas e sem graça. O escritório paulista Superlimão, escolhido para ‘dar um trato’ na área, caprichou no projeto, vencendo o prazo apertado e o desafio de iluminar e adequar os ambientes,  optando por um forro de estrutura metálica e por cores que seguissem as tonalidades mais fortes da marca. Segundo Thiago  Rodrigues, um dos sócios do escritório de arquitetura, a ideia é contaminar as pessoas com o conceito da empresa. — Ele vai além do ato de apenas vender roupa. Vende a informalidade e dissemina ideias. Procuramos seguir os valores da Reserva e criar um espaço que deixasse todos os funcionários bem à vontade — diz”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/ Ela/ Reportagem: Suzete Aché/ 20/07/13