O caderno Rio trouxe em matéria: “Os proprietários do Hotel Nacional, em São Conrado — que nos próximos 20 anos será administrado pela rede espanhola Meliá — apresentaram na prefeitura uma proposta de modificação no projeto de reforma que já havia sido aprovado para a construção. Os novos planos preveem a transformação do antigo teatro em um centro de convenções para cinco mil pessoas. Além disso, em vez do prédio comercial anexo ao hotel, concebido pelo arquiteto Oscar Niemeyer, os investidores pretendem construir dois edifícios residenciais. A tentativa de reabertura do Hotel Nacional se arrasta há duas décadas. Segundo o vice-presidente da rede Meliá no Brasil, Rui Manuel Oliveira, o hotel deve ser reinaugurado no dia 15 de junho de 2016, ao custo de R$ 400 milhões. Segundo ele, o centro de convenções deverá ser aberto depois dos Jogos Olímpicos, em dezembro. Ele afirma ainda que o novo espaço também poderá abrigar shows e peças de teatro, como os realizados no passado, mas de forma mais moderna e flexível”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/Rio/Reportagem: Guilherme Ramalho/26/11/15