O caderno Rio trouxe em reportagem: “O Jockey Club Brasileiro fará uma assembleia geral extraordinária no próximo dia 9, quando ocorrerá uma votação entre os associados para decidir pela aprovação da reforma do prédio da sede social, na Avenida Presidente Antônio Carlos, no Centro, como noticiou Ancelmo Gois em sua coluna no GLOBO. De acordo com o presidente do clube, Carlos Palermo, 23 empresas participaram do processo licitatório para a reforma do edifício, de 26 mil metros quadrados, projetado por Lúcio Costa, um dos principais nomes da arquitetura moderna brasileira. A Vince Real Estate foi a única a apresentar uma proposta comercial para o espaço. Depois de votado na assembleia geral, o projeto ainda precisa ser aprovado pela prefeitura. Segundo a proposta, a Vince Real Estate arcará integralmente com os custos de execução do retrofit (ou seja, haverá modernização de alguns itens), estimado em R$ 160 milhões. A empresa pagará ao clube uma outorga inicial de R$ 5,5 milhões e 19% ou 21% da receita bruta dos aluguéis durante o prazo de exploração do imóvel, com repasse mínimo de R$ 345 mil por mês. Findo o prazo de exploração, que é de 25 anos improrrogáveis, o prédio será devolvido ao clube”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/Rio/Reportagem: Alessandro Lo-Bianco/03/12/14