O site da Bamboo trouxe em matéria: “Usado como divisória, revestimento e até no mobiliário, o codobó simboliza esse projeto feminino e preciso do arquiteto alan chu

Delicado e feminino como uma renda. Foram essas características que atraíram o arquiteto Alan Chu e o levaram a escolher o cobogó de desenho tradicional como solução para separar a cozinha da sala neste apartamento paulistano. Escalado para “fechar sem fechar” o ambiente, o elemento virou símbolo de um projeto que tem sua força na despretensão e no elogio aos vazios, às texturas e à luz natural.”

Fonte: texto michele oliveira / fotos djan chu

Leia mais em: http://bamboonet.com.br/posts/usado-como-divisoria-revestimento-e-ate-no-mobiliario-o-cobogo-simboliza-esse-projeto-feminino-e-preciso-do-arquiteto-alan-chu